Headpage photo by Natalie Grainger on Unsplash

© by ANTÓNIO NORTON PSICOTERAPIA

EMDR

A sigla EMDR significa Eye-Movement-Desensitization-Reprocessing. Em português traduz-se como Olho-Movimento-Dessensibilização-Reprocessamento. Trata-se de uma terapia destinada à resolução ou ao alívio de memórias traumáticas através do movimento bilateral. 

​As memórias traumáticas poderão estar representadas no nosso cérebro sob a forma de uma imagem, de um som, de um cheiro, de determinados pensamentos, de emoções ou de sensações corporais. O paciente poderá aceder à memória traumática através de qualquer uma destas formas de representação. Enquanto o paciente acede à memória traumática é simultaneamente convidado a executar um movimento bilateral no seu corpo, que, por sua vez, poderá ser visual, táctil ou auditivo. À medida que a estimulação bilateral ocorre as memórias traumáticas vão cada vez mais perdendo o seu impacto, a sua intensidade e a sua prevalência invasiva. Deixam de estar ligadas ao presente imediato e a sinalizar continuamente sinais de alerta e de perigo para o corpo do paciente e passam a ser codificadas no nosso cérebro como um acontecimento no passado que já não poderá provocar um perigo no presente.

Esta terapia deve a sua existência a Francine Shapiro que a testou inicialmente junto de veteranos de guerra do Vietnam com resultados fantásticos e altamente promissores. A EMDR é uma terapia comprovada cientificamente e que apresenta elevados resultados na resolução de traumas.